"Trinta anos de caminhada, buscando sempre levar Jesus Cristo a todos".

© 2019 cantodemaria.org.br  |  Todos os direitos reservados 

Mensagem de Dom Sérgio para o mês de Outubro/2014

01/10/2014

A GRANDE META

 

                São José de Anchieta, Apóstolo do Brasil, realizou grande atividade missionária em nossa cidade e região, indo ao encontro de todos, porque a todos queria levar o Evangelho da Vida e da Salvação. Sua atividade missionária foi marcada por muitas dificuldades como podemos ler em sua carta ao Superior Geral:

            ‘Quase sem cessar, andamos visitando várias povoações, assim de índios como de portugueses, sem fazer caso das calmarias, chuvas ou grandes enchentes de rios e, muitas vezes de noite, por bosques mui escuros a socorrer os enfermos, não sem grande trabalho e fadiga (....). Mas nada é árduo para os que têm por fim somente a honra de Deus e a salvação das almas, pelas quais não duvidarão dar a vida’ (Carta ao Prepósito Geral, 1560).

A missão teve grande êxito e São José de Anchieta recebeu do Papa João Paulo II o título de Apóstolo do Brasil.  Qual o segredo de São José de Anchieta para realizar tão vultosa ação missionária?

      São João Paulo II nos revela o segredo de São José de Anchieta: ‘O segredo deste homem era a sua fé: José de Anchieta era um homem de Deus. Como São Paulo, podia dizer: “Scio cui credici” (Sei em Quem acreditei... e estou seguro de que Ele tem o poder de guardar o meu depósito até aquele dia) (2Tm 1,12)’ (Homilia em São Paulo, 03.07.1980).

      São José de Anchieta, homem de fé,  se concentrou no essencial em sua missão: ‘Salvar as almas para a glória de Deus: este era o objetivo de sua vida. Isto explica a prodigiosa atividade de Anchieta, ao buscar novas formas de atuação apostólica, que o levavam finalmente a fazer-se tudo para todos, pelo Evangelho; a fazer-se servo de todos a fim de ganhar o maior número possível para Cristo (cf. 1Cor 9, 19-22)’ (São João Paulo II. Homilia em São Paulo, 03.07.1980).

      São José de Anchieta é um belo testemunho para  todos nós, discípulos missionários de hoje, colocados pelo Senhor Jesus  em São Paulo para continuar a obra iniciada por ele e seus companheiros. É um testemunho de que podemos e devemos evangelizar, sem nos deixar deter pelos desafios inerentes à missão. Quando nos fixamos somente nas dificuldades, esquecemos da meta e do objetivo de nossa vida, perdemos a motivação e a vitalidade.

      Por isso que São José de Anchieta, após relatar as dificuldades na missão, recorda o objetivo central de sua vida:  ‘nada é árduo para os que têm por fim somente a honra de Deus e a salvação das almas, pelas quais não duvidarão dar a vida’.  

    O mês missionário, que hora celebramos, visa recordar a grande meta de nossa vida de discípulos missionários:  anunciar Jesus Cristo, para difundir o Evangelho. Preparar bem e celebrar este mês segundo as orientações das Pontifícias Obras Missionárias fará a diferença na animação missionária de toda a comunidade paroquial, porque colocará toda a comunidade em estado permanente de missão.

       Discípulos missionários, olhem para a meta, para os grandes objetivos!

 

 

Dom Sérgio de Deus Borges
Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Santana

 

São Paulo, 1º de outubro de 2014

 

 

 

Fonte: facebook regiao.santana

Tags:

Please reload

Posts em Destaque

Mensagem de Dom Sérgio para o mês de Janeiro/2015

02/01/2015

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Encontre por Tags
Please reload

Siga-nos
  • Facebook Grunge